Can, can, can

Can pode ser usado para falar de habilidade, permissão ou possibilidade

Woman A: How many instruments can you play?

Woman B: I can play three: the violin, the clarinet and the piano.

Woman A: Wow ! I don’t have your talent. I can’t play any instruments.

Woman B: You don’t need talent. You can learn if you study and practice.

Woman A: Can I join you to study and practice how to play the piano?

Woman B: Yes, you Can . Sure!

Habilidade

Exemplo:

She can play the piano…
Ela sabe/consegue tocar o piano…

Possibilidade

Exemplo:

You can learn if you study. Você pode aprender se estudar.

Permissão

Exemplo:

Can I join you?
Eu tenho (sua) permissão para ir com você?

Usando o “can”

I
You
He, She, It
We, You, They
Name
(Mary, John etc.)

+

can

+

verbo
(forma básica)

Exemplo:

Shakira can sing really well.

We can share photos on Instagram.

I can park my car here.

I
You
He, She, It
We, You, They
Name
(Mary, John etc.)

+

cannot/can’t

+

verbo
(forma básica)

Exemplo:

He can’t play soccer at all.

We can’t watch Lives on Netflix.

Students can’t use their phones in class.

Usando o “can”

Pergunta (Yes/No)

Can

+

I
You
He, She, It
We, You, They
Name
(Mary, John etc.)

+

verbo
(forma básica)

Exemplo:

Can Shakira sing?

Can we share photos on Instagram?

Can I park my car here?

Pergunta (Wh-)

Wh-

+

can

+

I
You
He, She, It
We, You, They
Name
(Mary, John etc.)

+

verbo
(forma básica)

Exemplo:

What sport can LeBron James play?

What can we do on Tiktok?

Where can I park my car?

Respondendo as “yes/no” questions

Yes,

I
You
He, She, It
We, You, They
Name
(Mary, John etc.)

can.

No,

I
You
He, She, It
We, You, They
Name
(Mary, John etc.)

cannot. can’t.

Permissão

Para expressar permissão, também podemos usar may ou could. Muitos consideram essas expressões mais apropriadas em contextos formais. O passado de CAN é COULD /kʊd/, mas para expressar permissão, o COULD é utilizado aqui apenas como uma expressão mais formal.

Você sabia?

CAN é pronunciado /kən/ e a forma negativa é CANNOT /ˈkæn.ɒt/ ou CAN’T /kɑnt/

Para quem está aprendendo inglês, pode ser difícil perceber a diferença entre CAN e CAN’T em uma conversa, porque muitas vezes o “T” final não é pronunciado. Então, você escuta “can”, mas a pessoa está dizendo “can’t”.
O que fazer?

A dica é prestar atenção na entonação da frase e não na pronúncia das palavras. Quando a frase é afirmativa, a ênfase fica no verbo principal. Quando é negativa, fica no can’t.

Exemplo:

I can do it.

can’t do it.

Precisa de ajuda?

Acesse a nossa central de ajuda para obter mais informações.