Escolha uma Página

Você já deve ter ouvido falar de lifelong learning e da importância de manter o radar ligado para os assuntos que te interessam e que fazem parte da sua rotina de trabalho.

Se você ainda não sabe o que é lifelong learning, leia o post “Lifelong Learning: fique por dentro!” neste blog, antes de prosseguir.

No post de hoje, reunimos 4 dicas essenciais para você continuar aprendendo e se manter atualizado, seja para buscar uma promoção no trabalho, ou transformar algo para melhor em sua vida.

Continue lendo!

1. Mude seu mindset

Provoque-se sempre com a seguinte pergunta: O que eu posso fazer para continuar aprendendo?

Lembre-se sempre que tudo que você aprendeu está sendo constantemente transformado. Portanto, não assuma o que você sabe como uma verdade absoluta.

Tenha uma postura aberta e questione-se o tempo todo – também questione seus chefes, colegas e subordinados no trabalho.

Da mesma forma, esteja aberto para ser questionado e buscar atualização dos seus conhecimentos com pesquisas, cursos de curta duração, treinamentos e cursos online.

Sempre que sentir necessidade, pergunte também aos outros e busque aprender com a visão e conhecimento do outro.

Lifelong learning é uma nova noção de conhecimento. Sinta-se ignorante. Como disse Steve Jobs em seu discurso para alunos da Universidade de Stanford: “Stay Hungry. Stay Foolish”.

2. Aprenda a aprender

Perceba o que te faz aprender melhor. 

No estudo do idioma inglês, por exemplo, ao assistir filmes, perceba a pronúncia dos atores e como você pode assimilar esta pronúncia para sua forma de falar.

Para saber se você aprende desta forma, faça um exercício de assistir a um filme ou série pela segunda vez e vá parando depois das falas que considerar mais bonitas e bem pronunciadas, tentando repeti-las da forma como aquela pessoa falou.

Veja se isso muda sua forma de pronunciar as palavras em inglês ao longo do tempo. Se sim, provavelmente você é uma pessoa que tem facilidade para aprender desta forma. 

Da mesma maneira, faça outros testes – em que possa descobrir sua forma de acumular novos conhecimentos. 

Aprender a aprender fará com que você possa se virar sozinho, em qualquer lugar e a qualquer tempo, buscando as ferramentas do seu próprio aprendizado, em qualquer área da vida.

Te dará a autonomia para você se desenvolver utilizando as ferramentas que considerar melhor para o seu desenvolvimento.

3. Pratique o que aprendeu

Todo conteúdo assimilado será bem apreendido se você o praticar.

Procure escolas e cursos que oferecem formatos interativos e com participação presencial ou online.

Conteúdos meramente expositivos nos passam a sensação de estar aprendendo quando estamos ali assistindo, mas podem ser esquecidos se você não os praticar.

Ensinar outras pessoas também é uma forma de praticar.

Então sempre que um amigo ou colega de trabalho te procurar com alguma dúvida ou parecer intrigado com determinado tema, se você transmitir a ele o que sabe sobre este tema provavelmente vai fixar melhor o que já aprendeu. Disponha-se a ajudar.

Se quiser saber mais sobre a importância da prática para o cérebro, assista a este TED Ed de apenas 4 minutos:

4. Adapte-se

Embora seu conhecimento tenha começado na educação formal, em uma escola como a que conhecemos hoje, sua forma de ver o mundo e aprender tem de ser estimulada a todo momento com novas referências.

Mudança é a constante da vida.

Leia, assista filmes, visite a museus e troque informações entre você e outras pessoas para estimular novas maneiras e ver o mundo.

Para isso, é importante também dizer que não há idade certa. A hora de começar é agora – tão logo você perceba a necessidade de mudança e atualização.

Adapte seus conhecimentos às diferentes situações da vida e ao que faz sentido para você. Seja flexível como o bambu – que entorna para vários lados, mas nunca quebra.

Se você iniciou um curso presencial sobre determinado tema e não se adaptou bem, cancele e busque o mesma tema, agora online.

Esteja aberto a testar para encontrar a melhor forma para você. Porém, para dar certo, lembre-se de ser organizado e comprometido com suas escolhas.

Todos tem capacidade e potencial de aprender, basta encontrar a melhor maneira para você.

Ao se tornar mais flexível, você também vai ficar mais atrativo para empresas – que buscam colaboradores versáteis e adaptáveis para diversas funções.


Lifelong learning é mais que uma forma de aprender: é um estilo de vida! 

Para ser um lifelong learner, mude seu mindset para uma formação contínua em seu campo de conhecimento ou nos assuntos que tem interesse em aprender, encare todas as situações da vida como seu fosse um eterno aprendiz.

Com esta mentalidade de crescimento, você obterá resultados exponenciais em sua vida pessoal e profissional.

Se você curtiu essas dicas, compartilhe com seus amigos para ajuda-los a se manter em constante aprendizado! 

Gostou? Compartilhe!

+ Textos

Conheça o CNA Go!

CNA Go

Posts no Instagram

Siga @CNA Go

Continue lendo:

Estudar Inglês Aqui ou no Exterior: O Que é Melhor?

Estudar Inglês Aqui ou no Exterior: O Que é Melhor?

Muita gente que deseja aprender o idioma tem vontade de estudar inglês no exterior. Mas, você sabe o que é melhor para você? Com a inclusão do inglês como matéria obrigatória no currículo escolar do Ensino Fundamental, muitas crianças passaram a ter a oportunidade de...

Como melhorar o inglês com 4 hábitos cotidianos

Como melhorar o inglês com 4 hábitos cotidianos

Se você quer saber como melhorar o inglês, definitivamente esse texto é para você! “Como melhorar o inglês” é algo que todos os estudantes do idioma desejam saber - e não é à toa.  Quando começamos a aprender algo, queremos sempre nos aprimorar e ver logo os...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *