Escolha uma Página

Muito provavelmente você já deve ter ouvido ou lido a palavra lifelong learning por aí e se perguntado o que significa.

Embora não seja algo tão novo – diz-se que começou a ser utilizado na década de 90 – , o conceito começou a ser mais disseminado nos últimos anos com a revolução digital e o crescimento da oferta de cursos online. 

Resolvemos trazer o tema para o nosso blog porque entender o que é lifelong learning será fundamental para você se desenvolver ao longo da vida.

Um lifelong learner geralmente é um profissional requisitado no mercado de trabalho, uma pessoa mais bem informada e consegue desenvolver com maior facilidade qualidades e soft skills.

Confira neste post, o primeiro de uma dupla, o conceito de lifelong learning.

Lifelong learning – a tradução

Ao buscar pela tradução literal de lifelong learning em qualquer dicionário, percebe-se  que ela diz pouco sobre o seu significado.

Então vamos começar pelo sinônimo, mas também te explicar o contexto: os diferentes usos e porque tem se falado tanto disso atualmente.

A tradução imediata da palavra lifelong learning quer dizer aprendizado vitalício.

Uma coisa que é lifelong é perpétua ou perene, ou seja, dura por toda a sua vida. Já learning, vem do verbo learn, que quer dizer aprender em português. 

Ou seja, uma das traduções corretas para lifelong learning é aprendizado por toda a sua vida. 

Outras traduções comumente encontradas: 

  • aprendizado constante;
  • desenvolvimento contínuo;
  • formação contínua;
  • formação permanente;
  • aprendizagem ao longo da vida;
  • aprendizagem continuada;
  • formação por toda a vida.

Lifelong learning – o conceito

Mas, como tudo no inglês, muitas vezes é mais importante você entender o contexto em que a palavra se insere do que a literalidade dela. 

Este termo tem sido muito usado principalmente por empresas, escolas e startups de educação porque, com a quantidade de informação que temos hoje à nossa disposição, podemos sempre ler, estudar e entender algo novo, e a todo momento. 

O conhecimento formal antes era considerado fixo, ou seja, você assistia a uma aula hoje e aplicava seus conhecimentos 1, 2 ou 5 anos mais tarde. As coisas mudavam mais devagar. 

Com a velocidade de transformação que a tecnologia proporciona, você aprende algo hoje e dali a pouco tempo seu conhecimento está defasado.

Você assiste a uma aula hoje e, em 5 anos, aquele conteúdo se desatualizou. Ficou para trás. 

O que faz com que tudo mude tão rápido? A quantidade de informação disponível nas redes e a mudança de comportamento da sociedade provocada pelas novas tecnologias.

Qualquer informação chega em qualquer lugar que você queira a qualquer momento. Aliás, é difícil guardar um segredo hoje em dia…

Lifelong learning online

E, quando se trata de aprendizado constante, neste novo contexto, o ambiente online fica ainda mais relevante – tanto para quem produz conteúdo quanto para quem consome. 

Porque usando a tecnologia conseguimos nos atualizar mais rapidamente. Se eu utilizo livros em papel, a chance de eu estar consumindo conteúdo desfasado é muito maior. 

Se eu curso um MBA ou pós-graduação, cujo conteúdo foi elaborado no ano passado, provavelmente vou consumir conteúdo defasado.

Infelizmente, esta é a realidade e muitas instituições de ensino estão tendo de se atualizar e se reinventar neste novo momento.

Por isso, o online, ou o uso de plataformas tecnológicas, faz com que elas possam ser  mais ágeis na atualização e treinamento do corpo docente e também na transmissão desse conhecimento de forma rápida e fluída. 

O surgimento do CNA Go também se deu neste contexto: 

“Tem uma mudança gigantesca acontecendo no mercado de educação no mundo inteiro e, no ensino de idiomas, não é diferente. Porém, mesmo com muitos lançamentos de apps com cursos e outros recursos utilizando a tecnologia, não vemos uma mudança no nível de proficiência do brasileiro – que permanece estável em patamares muito baixos. Foi neste espaço que surgiu o CNA Go, para tornar a aprendizagem de qualquer coisa mais rápida, mais fácil e mais barata”

Renato Cagno, diretor executivo do CNA Go

Os 4 pilares do lifelong learning

O lifelong learning é comumente atribuído às 4 aprendizagens fundamentais da educação para o futuro de Jacques Delors, economista e pensador da educação:

  1. Aprendendo a conhecer;
  2. Aprendendo a fazer;
  3. Aprendendo a viver;
  4. Aprendendo a ser.  

Delors foi presidente da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI da UNESCO, na década de 90 e, no relatório “Educação, um Tesouro a descobrir”, explorou os 4 pilares acima, que muito se assemelha com os conceitos de aprendizado contínuo explorados hoje em empresas e entidades educacionais. 

Você pode conhece-los e entender a relacão deles com lifelong learning neste conteúdo, do Lifelong Learning Council de Queensland – Austrália, entidade não governamental focada na educação para adultos e que fomenta o lifelong learning nos três setores da economia.


Se você curtiu este texto, leia o próximo post e conheça as 4 maneiras de se tornar um lifelong learner!

Gostou? Compartilhe!

+ Textos

Conheça o CNA Go!

CNA Go

Posts no Instagram

Siga @CNA Go

Continue lendo:

Estudar inglês: 3 grandes benefícios de aprender o idioma

Estudar inglês: 3 grandes benefícios de aprender o idioma

Com certeza você já ouviu pelo menos uma vez que estudar inglês é algo que todo mundo deve investir, não é mesmo?  O estudo do idioma é tão importante que atualmente o ensino do inglês é obrigatório em todas as escolas do Brasil - tanto da rede pública quanto da...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *