Inglês americano e britânico: qual a diferença?

dez 18, 2020

Inglês americano e britânico: qual a diferença?

dez 18, 2020

Gostou? Compartilhe!

Afinal, qual a diferença entre inglês americano e britânico?

Essa é uma dúvida que muitas pessoas que estão pesquisando cursos de inglês para começar a estudar o idioma possuem! 

O mais engraçado é que muita gente não faz nem ideia de que existe uma diferença até começar a pesquisar sobre o tema ou alguém perguntar a sua preferência entre o inglês americano e britânico. 

Entender as diferenças entre o inglês americano e britânico não serve apenas para definir qual o melhor curso para começar a estudar. 

Elas também serão úteis no caso de viagens, para você se virar bem tanto nos Estados Unidos quanto nos países do Reino Unido ou outros que falam o inglês britânico. 

Conforme você for evoluindo de nível, as diferenças ficarão mais claras e com certeza você começará a prestar atenção no inglês falado em alguns filmes e séries e também nas músicas, o que é bem bacana!

Por exemplo, se você é fã de Friends, está ouvindo o inglês americano. Agora, se você é um potterhead – um fã de Harry Potter -, com certeza está ouvindo o inglês britânico. Preste atenção e verá!

Mas fique tranquilo: vamos deixar tudo bem claro neste post e assim você entenderá porque é legal se decidir por um tipo de inglês e focar no aprendizado dele. Continue lendo!

Diferenças de sotaque e pronúncia: inglês americano e britânico

São essas algumas das maiores diferenças no quesito sotaque e pronúncia:

O som do “R”

Uma das maiores diferenças no sotaque do inglês americano e britânico é definitivamente o som do “R”.

No inglês americano, o som do “r” é geralmente pronunciado.

Já no inglês britânico, ele só é pronunciado antes das vogais, inclusive quando a vogal está no início da palavra seguinte, como em “bedroom”/ quarto, “red”/ vermelho, “mother of dragons”/mãe de dragões (Isso te lembra algum seriado? rs…)

Nos outros casos, ele é silencioso: “door”/ porta, “car”/ carro...

O som do “I”

Em inglês é muito comum que os sons (phonemas) não coincidam com as letras (grafemas), especialmente no caso das vogais.

A letra “i”, por exemplo, pode ser pronunciada como /i:/, /ai/, /i/, /ə/, etc. Depende da palavra.

Em “bite” pronunciamos /ai/ porque é uma palavra de apenas uma sílaba terminada com vogal silenciosa (não pronunciada). Em “bit” pronunciamos /i/ porque tem só uma vogal e termina em consoante.

A disposição das sílabas que recebem maior ou menos ênfase determinam em grande parte como as vogais são pronunciadas. E como essa ênfase pode mudar dependendo do falante, a pronúncia também muda.

Por exemplo, de forma geral, em inglês americano, “mobile” se pronuncia /ˈməʊ bəl/, enquanto em inglês britânico se pronuncia /ˈməʊ bɑɪl/.

Em inglês americano, director (diretor), é pronunciado /di’rectər/. Já no britânico, com som e “ai”, /dai’rectə/. Nos dois casos, a sílaba tônica (aquela que é a mais forte) não muda, mas sim a ênfase secundária (secondary stress).

A pronúncia do “T”

Existem pelo menos 4 pronúncias diferentes do “T” e a diferença principal está quando o “T” aparece entre vogais, como em “water”/ água. Nos demais casos, tende a ser igual tanto no inglês americano quanto no britânico. 

  • water /uórer/ (com” som de “flat/tap T”) no inglês americano;
  • water /uáta/ (com som de “t”) no inglês britânico.
  • better /bérer/ (com” som de “flat/tap T”) no inglês americano;
  • better /béta/ (com som de “T”) no inglês britânico.

Diferenças de grafia: inglês americano e britânico

No que diz respeito a forma de escrever as palavras, existe sim uma diferença entre o inglês americano e o britânico. 

Aqui vai uma lista das principais diferenças de grafias:

color (A) – colour (B) = cor
behavior (A) – bahaviour (B) = comportamento
flavor (A) – flavour (B) = sabor

Palavras em inglês britânico que terminam em “our” geralmente terminam apenas em “or” no americano. 

Outra diferença bem comum é com as palavras que terminam em “ER” no americano mas em “RE” no britânico. Por exemplo: 

center (A) – centre (B) = centro
meter (A) – metre (B) = metro
theater (A) – theatre (B) = teatro

Palavras que terminam com dois “l’s” no inglês americano e com um “l” no britânico: 

enroll (A) – enrol (B) = matricular, registrar
fulfill (A) – fulfil (B) – cumprir, realizar
skilfull (A) – skilful (B) = habilidoso(a)

Palavras e verbos que terminam ou possuem “IZE” no inglês americano e “ISE” no inglês britânico: 

appetizer (A) – appetiser (B) = aperitivo
organize (A) – organise (B) = organizar
realize (A) – realise (B) = perceber

Diferenças de vocabulário: inglês americano e britânico

Alguns nomes de coisas também podem variar, como:

PortuguêsInglês AmericanoInglês Britânico
balascandysweets
banheirobathroomtoilet
borrachaeraserrubber
calçaspantstrouser
centro da cidadedowntowncity centre
elevadorelevatorlift
futebolsoccerfootball
metrôsubwayunderground/ tube
tênissneakerstrainers

Inglês como língua franca

Olha só que interessante: o inglês como língua franca (ILF) é “qualquer uso do inglês entre falantes de diferentes línguas maternas para quem ele é o meio de comunicação escolhido, e frequentemente, a única opção” (SEIDLHOFER, 2011, p.7). 

Também chamado de inglês internacional, ele é o resultado do contato entre os usos da língua, característicos de cada tipo, sem que nenhum deles seja considerado superior ao outro. 

Esse tema é bem bacana e com certeza vamos explorar mais em outros posts! Porém, inserimos ele por aqui para que vocês entendam que não importa a origem, o que importa é se comunicar!

Qual é o melhor: inglês americano ou britânico?

A questão é: não existe um tipo de inglês melhor do que o outro.

O que precisa ser analisado é que, para algumas pessoas, será mais fácil aprender o inglês americano e, para outras, o britânico. Dessa forma, foque em aprender o que você se sentir mais confortável. 

Por outro lado, para nós, que não somos nativos, é importante tentarmos manter um padrão tanto na escrita quanto na pronúncia para se comunicar mais efetivamente

Talvez você não consiga decidir por qual tipo começar apenas com essas informações – e nem deveria. O nosso conselho é: estude também a proposta dos cursos que estão disponíveis no mercado e escolha o que mais combina com você e seus objetivos de aprendizagem. 

Aspectos que devem ser levados em conta quando for escolher um curso de inglês:

  • Presencial ou online;
  • Se o inglês ensinado é global e vai te ajudar a conversar com pessoas de diversas partes do mundo;
  • Aulas particulares ou em grupo; 
  • Tipos de atividades praticadas em sala; 
  • Se possui aulas de conversação;
  • Flexibilidade para os estudos de acordo com a sua rotina; 
  • Quantidade de vezes na semana; entre outros. 

Aqui no Brasil, nós recebemos muitas influências culturais norte-americanas, dessa forma, boa parte das escolas de idioma lecionam o idioma em sua versão americana, como no caso do CNA Go.

E falando nele, o CNA Go é um sistema de ensino e aprendizado de inglês que conta com um aplicativo para os alunos fazerem atividades, interagirem entre si, e praticar conversação com o apoio de professores online. O CNA Go é a evolução do ensino online combinado com o jeito CNA de ensinar. Experimente grátis por 30 dias!

assine cna go

Gostou? Compartilhe!

+ Textos

Conheça o CNA Go!

CNA Go

Siga @CNA Go

Continue lendo:

Estudar Inglês Aqui ou no Exterior: O Que é Melhor?

Estudar Inglês Aqui ou no Exterior: O Que é Melhor?

Muita gente que deseja aprender o idioma tem vontade de estudar inglês no exterior. Mas, você sabe o que é melhor para você? Com a inclusão do inglês como matéria obrigatória no currículo escolar do Ensino Fundamental, muitas crianças passaram a ter a oportunidade de...

Como melhorar o inglês com 4 hábitos cotidianos

Como melhorar o inglês com 4 hábitos cotidianos

Se você quer saber como melhorar o inglês, definitivamente esse texto é para você! “Como melhorar o inglês” é algo que todos os estudantes do idioma desejam saber - e não é à toa.  Quando começamos a aprender algo, queremos sempre nos aprimorar e ver logo os...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *